BUSCA 360 GRAUS, TECNOLOGIAS DISRUPTIVAS EM TALENT ACQUISITION

Em paralelo às constantes inovações do mercado, as tecnologias disruptivas estão evoluindo cada vez mais rápido. Essas inovações digitais propõem uma ruptura nos padrões e modelos pré-estabelecidos e melhoram a forma de exercer uma atividade. Setores que não se adaptaram à essas tecnologias, já perceberam que estão perdendo em termos de competitividade e produtividade.  Nos últimos anos, a área de Recursos Humanos também se adaptou aos novos métodos, proporcionando assim um aumento de eficiência e agilidade. A Conquest One desenvolve e aplica muitas dessas tecnologias disruptivas na busca por talentos, chamadas de Busca 360 Graus. Elas possibilitam uma busca apurada por candidatos e assertividade próxima à 100%.

 

Mas, de quais tecnologias disruptivas estamos falando?


Big Data, Inteligência Artificial e Analytics

Um dos maiores responsáveis pelas inovações dos RHs é o Big Data, uma ferramenta de Inteligência Artificial que consegue, através de softwares como o GX1,  utilizado atualmente na Conquest One, atuar na busca de talentos e no mapeamento comportamental. Através do GX1, é possível encontrar os perfis mais adequados para cada tipo de vaga.

O Big Data está revolucionando a forma como se buscam talentos na era digital pois, é possível identificar e cruzar os perfis que estão mais adequados às necessidades de determinada vaga e aos valores da empresa.

A Conquest One conta com um banco de dados próprio, chamado GX1, com mais de 200 mil currículos (hoje chamados de perfis) cadastrados. Dentro desse mar de dados, é possível obter informações como a geolocalização do profissional, certificações, estabilidade, faixa salarial, etc. A partir desses dados, extrai-se uma lista de candidatos que possivelmente estão aptos à preencher aquela vaga.

Com a lista em mãos, os recrutadores tem a missão de cruzar os dados e verificar se os candidatos realmente se adequam à vaga e à cultura da empresa. Após a verificação, cria-se um mailing para entrar em contato com os profissionais e verificar o interesse deles em participar do processo seletivo.

O GX1 está se tornando uma ferramenta tão importante quanto os outros sites de busca utilizados internamente pela Conquest One, como APinfo e LinkedIn Recruiter, por exemplo. Hoje, com base nos requisitos da vaga, é possível localizar esses profissionais em um curto espaço de tempo, cumprindo assim os prazos (SLA) imposto pelos clientes.

A análise de dados em Talent Acquisition tem se tornado essencial no sentido de encontrar as pessoas certas para os perfis certos, automatizar processos, gerar insights e entender o impacto das estratégias da empresa na busca por candidatos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *