A importância da retenção de talentos em TI na sua empresa

Retenção de Talentos em TI

Você sabe qual é a importância da retenção de talentos em TI no seu negócio? Não há dúvidas de que a área de Tecnologia da Informação ganhou uma importância estratégica nas organizações. Nesse sentido é fundamental pensar nas formas de manter os principais talentos desse segmento na sua organização. Inicialmente, essa tarefa pode parecer árdua por diversos motivos, no entanto, ela fará total diferença para o sucesso da sua organização.

Está interessado em saber mais sobre esse assunto? Neste post explicaremos detalhadamente de que forma a retenção de talentos em TI pode ajudar as finanças do seu negócio, quais os benefícios de manter os funcionários dessa área de atuação e forneceremos dicas que ajudarão o seu negócio a manter os funcionários da área de Tecnologia da Informação. Acompanhe a seguir.

Como a retenção de talentos em TI pode ajudar nas finanças da sua empresa?

Em uma análise inicial, a retenção de colaboradores no departamento de Tecnologia da Informação e as finanças empresariais podem parecer distantes e com pouca relação entre si. No entanto, em uma reflexão mais profunda observamos que esses temas estão intrinsecamente relacionados.

Primeiramente, não é novidade para ninguém que para contratar um novo profissional, a empresa tem uma série de gastos. Entre eles estão as etapas de recrutamento e seleção, onboarding, treinamentos e recursos a serem disponibilizados na capacitação desse novo profissional.

Muitas vezes, todas essas despesas citadas são superiores em relação àquelas investidas na manutenção de talentos. Por isso que a retenção de talentos é tão importante para as finanças das empresas. Ela também traz outros benefícios que mostraremos a seguir.

Quais são os principais benefícios da retenção de talentos em TI? 

A retenção de profissionais do setor de Tecnologia da Informação proporciona vários benefícios para as empresas. Entre eles estão a otimização da produtividade, a diminuição dos encargos trabalhistas, melhora no clima de trabalho e a atração de novos talentos. Abordaremos sobre essas questões detalhadamente na sequência do artigo. Continue lendo!

turnover

Redução de encargos trabalhistas

O excesso de turnover, ou seja, de rotatividade dos profissionais gera muitos gastos com encargos trabalhistas, como multas, pagamento de férias proporcionais ao tempo de trabalho, entre outras verbas rescisórias.

Além desses problemas, como dissemos anteriormente, as empresas também precisam investir mais em processos relacionados a contratação de novos funcionários (seleção, recrutamento, treinamento, entre outros).

Nesse contexto, a diminuição dessas despesas deve ser prioridade nas empresas, já que elas não são estratégicas e não agregam valor ao negócio. Vale destacar que essas mesmas despesas poderiam ser utilizadas, por exemplo, para fazer novos investimentos, abrir filiais, vender novos produtos ou serviços, entre outras finalidades.

Melhora no clima de trabalho

A redução da rotatividade possibilita uma relação mais harmoniosa entre os funcionários. Isso ocorre, pois eles tendem a se conhecer a mais tempo, o que facilita no convívio cotidiano. Quando o clima de trabalho está bom, ele convida os funcionários a sentirem melhor e a produzirem mais, auxiliando a empresa como um todo.

Atração de novos talentos para as empresas

É fundamental que a companhia também saiba atrair bons candidatos e profissionais para processos seletivos futuros. Eles devem ter os conhecimentos, aptidões e valores necessários para assumir um determinado cargo. Dessa forma, aumentam-se as probabilidades de você manter o profissional, o que ajuda a diminuir a rotatividade de colaboradores no seu negócio.

Os profissionais acima da média podem escolher o local no qual desejam trabalhar. Muitos deles tendem a preferir organizações que ofereçam qualidade de vida, desafios e oportunidades de crescimento.

Dessa maneira, se uma empresa encontra dificuldades para manter os melhores talentos, dificilmente conseguirá atrair colaboradores acima da média.

Como reter os talentos em TI?

Esse é um dos principais desafios enfrentados pelas organizações e, por isso, esse questionamento é bastante pertinente. Entre as principais dicas que ajudarão nessa tarefa estão o pagamento de salários compatíveis com o mercado e o investimento na qualificação dos profissionais, por exemplo.

A seguir, listaremos as principais práticas a serem adotadas na sua empresa para manter os melhores talentos em TI.

Manter salários compatíveis com o mercado

Muitos profissionais trocam de empresa pois receberam uma proposta da concorrência, geralmente como um salário melhor ou mais benefícios. Por isso, o oferecimento de salários compatíveis com o mercado (ou um pouco superior) ajudará a sua empresa a manter os melhores talentos. 

Esse cuidado ajudará o colaborador a ter mais qualidade de vida pessoal e um propósito atrelado ao seu trabalho.

Investir em treinamentos e qualificação

Os treinamentos ajudarão os profissionais a estarem mais preparados para enfrentarem os novos desafios mercadológicos. Além disso, eles tendem a se sentir mais motivados a se empenharem mais pela sua empresa. Todas as questões, somadas, contribuem para a otimização da produtividade.

Propor metas desafiadoras

Apesar da questão financeira ser importante, o salário, isoladamente, não é suficiente para manter um funcionário motivado. Por isso que é tão importante também estabelecer desafios para os colaboradoresde forma a incentivá-los a cumpri-los.

Deseja saber como encontrar e manter os melhores talentos em TI para a sua empresa? Entre em contato conosco para agendar uma reunião.