ecossistema de inovação

Mesmo em meio    à turbulência da crise econômica brasileira, o setor de Tecnologia da Informação é um dos segmentos que não para de evoluir. Segundo a IDC Brasil, o mercado de TI deve fechar o ano de 2019 com um crescimento de 10,5%, maior que o ano passado. O impacto também é positivo na busca por novidades e iniciativas que promovam o ecossistema de inovação, por exemplo.

Se você, profissional de TI, não quer ficar para trás, que tal aprender um pouco mais sobre o ecossistema de inovação e entrar de cabeça nesse mundo? Confira a seguir nesse artigo.

Ecossistema de inovação: o que é?

Antes de falarmos sobre os benefícios que um profissional de Tecnologia de Informação pode obter somente por estar inserido dentro de um ecossistema de inovação, é importante saber exatamente o que isso significa.

E não tem mistério! O ecossistema de inovação é um polo tecnológico criado especialmente para o desenvolvimento e criação de produtos e serviços, focados na tecnologia e diretamente ligados com a colaboração e o empreendedorismo.

Mas para que tudo isso aconteça, esses espaços colaborativos precisam ter toda a infraestrutura necessária para a pesquisa, descoberta e desenvolvimento de uma inovação.  

Vale destacar que propostas como as do ecossistema de inovação só são possíveis quando sustentadas por quatro pilares: governo, indústria, academia e os próprios profissionais.

O mais famoso desses ambientes é o Vale do Silício, na Califórnia. Reconhecido no mundo todo como um polo de alta tecnologia, o Silicon Valley é um enorme ecossistema de inovação, que já formou gigantes da tecnologia, e estimula soluções disruptivas totalmente construídas de forma colaborativa.

O conceito desse tipo de espaço já ganhou o mundo e, no Brasil, já temos  importantes centros de inovação tecnológica, como  o ITA,  em São José dos Campos (SP), a Fundação Unicamp,  em Campinas,  também em São Paulo, o  San Pedro Valley, em Belo Horizonte (MG) e a Capital  da Inovação, em Florianópolis (SC),  dentre outros.

turnover

Os benefícios do ecossistema de inovação para os profissionais de TI

Fazer parte de um ecossistema de inovação é a oportunidade que os profissionais de Tecnologia da Informação têm de interagir com as empresas, descobrir e encontrar soluções para acabar com as dores do mercado, criando serviços, produtos e projetos.

Certo. Mas quais são as reais vantagens do ecossistema de inovação para nós, profissionais de TI? Veja, abaixo, três bons motivos:

 Troca de experiências entre os profissionais

Não importa há quanto tempo você é um profissional de TI.   O mercado de tecnologia está sempre se inovando e se renovando.  As empresas sempre estão ávidas por novidades e profissionais antenados.

No ecossistema de inovação, os profissionais podem aprender uns com os outros. Errar, acertar e encontrar soluções para os problemas.  Toda essa dinâmica é uma maneira de superar os desafios e sair na frente da concorrência.

Participação em redes de indicações

As relações de trabalho mudaram e, mais do que nunca, o famoso QI (quem indica) está em alta.

A grande maioria das empresas não realizam parcerias sem terem indicação do trabalho de outras organizações.   Se você conhece de perto a metodologia, a seriedade e a autenticidade do trabalho de uma empresa ou colega, fará a indicação de olhos fechados.  E o inverso também: você será indicado sem medo.  O ecossistema de inovação é um ambiente de ganha-ganha.

Aprimoramento das habilidades profissionais

Os ecossistemas são verdadeiros polos para atrair talentos e incentivar o aprimoramento das habilidades profissionais dentro de empresas que já estão consolidadas no mercado.  

O contato permite não apenas melhorar os seus conhecimentos, mas também criar uma boa rede de networking.  Estar dentro de um desses polos de tecnologia é mais do que um privilégio. É a oportunidade de amadurecimento e reconhecimento profissional.

Como a Conquest One estimula esse ambiente

Em 2018, a Conquest One lançou no mercado a sua própria aceleradora de startups: a CQ1Lab, que surgiu em virtude das dificuldades enfrentadas pelas organizações tradicionais em se adaptar ao mercado, principalmente quando se deparam com a velocidade da criação de startups.

A ideia da CQ1Lab é proporcionar um ecossistema de inovação para desenvolver novos negócios focados em tecnologias voltados ao mercado de gestão de capital humano, conhecidas como HRTechs.

Na CQ1Lab, além de um espaço totalmente dedicado a inovação, a startup terá a mentoria de especialistas em desenvolvimento de produtos, desenvolvimento de negócios, gestão de pessoas e tecnologia, entre outras especialidades.

As startups interessadas, e que tenham soluções essencialmente focadas na área de gestão de capital humano, passam por uma avaliação criteriosa, que inclui nível de maturidade do negócio, estágio de desenvolvimento do produto / serviço e utilidade mercadológica, entre outros. 

Depois de selecionadas, as startups serão aceleradas em fases de três meses, dentro da estrutura tecnológica da CQ1Lab, na sede da própria Conquest One, em São Paulo. 

Não são apenas as startups que se beneficiam do programa de aceleração.    O time de mentores da CQ1Lab também aproveita o ecossistema de inovação criado pelas aceleradas para impulsionar a inovação em organizações já estruturadas.

Deseja conhecer mais a respeito do projeto e saber como você pode fazer parte desse ecossistema de inovação? Entre em contato conosco.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *