currículo para profissionais de TI

Tanto para profissionais que estão começando quanto para aqueles que já acumulam anos de experiências na área, saber como montar um currículo de TI faz toda a diferença para ser recrutado em um novo projeto.

Se para os iniciantes é normal se deparar com uma série de dúvidas sobre como organizar esse documento, para os veteranos a principal atenção está na atualização de experiências, certificações e outras informações relevantes sobre a carreira. Portanto, é preciso saber lidar com esse elo entre você e uma oportunidade.

Pensando nisso, trouxemos hoje 5 dicas sobre como criar um currículo atrativo, sem erros e com potencial para chegar ainda mais longe na carreira de tecnologia.

Siga conosco e aproveite as dicas!

Antes de tudo: como deve ser um currículo de um profissional de TI?

Qualquer profissional, de qualquer área, precisa ter um currículo bem apresentado. Mas em TI, alguns fatores ganham ainda mais atenção dos recrutadores:

  • A organização das informações;
  • A clareza na comunicação;
  • Os objetivos de carreira;
  • Certificações e cursos.

Esses são tópicos demandam cuidados especiais e precisam de concentração extra na hora de formular o seu currículo. Portanto, tenha bastante atenção.

Além disso, vale também observar os principais erros que podem ocorrer na edição do documento:

  • Erros de ortografia;
  • Desorganização de fontes e tópicos;
  • Mentir fluência em inglês;
  • Mentir experiências profissionais;
  • Falta de dados de contato.

Tomando os devidos cuidados com esses pontos, já é possível seguir para a organização das informações principais. E são nelas que focamos nossas dicas.

Confira:

1. Saiba escrever um bom resumo

O resumo do currículo facilita o entendimento do recrutador sobre quem você é e quais experiências acumulou. No caso dos candidatos recém-formados, o resumo deve ser substituído pela descrição dos objetivos.

Neste tópico do currículo, descreva as seguintes informações:

  • Nome da profissão e adjetivo que poderia caracterizar você;
  • Anos de experiências;
  • As experiências profissionais mais relevantes;
  • Principais conquistas na carreira;
  • Quais seriam suas contribuições à empresa.

Para obter um bom resumo, lembre-se: escreva com clareza e objetividade, jamais copie e cole resumos prontos. É de extrema importância que você esclareça as atividades que realiza, assim como citar tecnologias e/ou metodologias que domina. Faça uso de palavras- chaves sobre suas atuações profissionais. Não esqueça, um resumo detalhado é fundamental!

2. Seja claro com seu objetivo profissional

Esqueça a ideia de guardar para si o que deseja para o seu futuro profissional. Você precisa sempre ter clareza sobre onde está, aonde quer chegar e o que deseja conquistar.

Descrever seus objetivos de forma clara, isso fará com que o profissional de RH olhe para você com olhos mais atentos e interessados. Afinal, você está demonstrando ser um candidato que está disposto a se dedicar para crescer.

3. Liste suas experiências relevantes

Essa é a parte principal do currículo: suas experiências profissionais. Mesmo se você já é um profissional que está há mais tempo no mercado, é importante que você especifique sua trajetória. Caso tenha um longo histórico, opte pelo menos por detalhar as 6 últimas empresas que trabalhou.

Descreva detalhadamente suas atribuições nessas empresas, quanto tempo ficou empregado e, caso tenha conquistado promoções, mencione-as.

Sobre esse tópico, cabe ainda mais uma atenção especial. Caso esteja se candidatando à uma determinada vaga específica, mas para a qual as experiências relevantes não são as mais recentes, aponte elas em seu resumo.

4. Descreva suas principais competências

Nesse tópico você vai se vender como profissional experiente ou promissor. Faça um relato sobre suas habilidades nas empresas em que atuou e como conseguiu utilizar de características pessoais para alcançar resultados – também aponte seus certificados para comprovar habilidades técnicas.

Um bom exemplo deste tópico seria:

– “Boa oratória, liderança em reuniões com clientes. Objetivos de grande relevância conquistados, como implementações etc.”

Nos últimos anos, as competências comportamentais, chamadas de soft skills, ganharam atenção nas grandes empresas.

Se você participou de cursos sobre inteligência emocional ou projetos extracurriculares, não deixe de mencioná-los: eles jogarão a seu favor na disputa com outros candidatos.

5. Mantenha as certificações atualizadas

Mencionamos anteriormente a importância de manter as certificações atualizadas, mas vale reforçar. Crie um tópico específico para essas informações e especifique seus prazos de validade. Mesmo que essas certificações já tenham expirado, é importante mantê-las em seu portfólio.

Lembre-se de que as certificações garantem suas aptidões para determinadas funções.

Dica Bônus: Atenção ao LinkedIn

A rede social específica para oportunidades profissionais pede muita atenção. Se você ainda não tem perfil por lá, crie. Se já tem, mantenha-o atualizado.

O LinkedIn é um complemento ao seu currículo. Muitos recrutadores têm o hábito de checar as informações nessa rede social para verificar se batem com o que está descrito no currículo.

Além disso, não despreze o excelente networking que o LinkedIn pode oferecer. Seja no contato com outros profissionais de sua área, para receber informações atualizadas sobre como as empresas têm se posicionado ou se colocar em grupos de estudos que reúnem usuários com objetivos semelhantes ao seu. Essa rede irá contribuir muito para seu desenvolvimento profissional!

Além disso, vale a pena utilizar essa rede social para se expressar através de artigos, publicações e comentários. Tudo isso ajuda a descrever seu perfil profissional. Mas nem tudo são flores – aqui vai um cuidado especial: evite se envolver em assuntos polêmicos. Lembre-se de que é um espaço para crescimento profissional.

Aproveite as melhores oportunidades para sua carreira na Conquest One

Depois de saber como montar um bom currículo para TI, é hora de fazê-lo chegar nas melhores empresas de tecnologia do país. E para isso, a Conquest One é o caminho.

Com soluções que vão do Hunting ao Outsourcing, a Conquest One recruta, testa, gerencia e oferece treinamento aos profissionais contratados por seus clientes. Dessa maneira, a integração é excelente não só para quem está em busca de oportunidades, mas também de quem as oferece.

Vale a pena caprichar no currículo, acessar a página de vagas da Conquest One e se candidatar às oportunidades perfeitas para o seu perfil.

Gostou dessas dicas? Então mantenha o foco na carreira e continue de olho em nosso blog para muitas mais!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *