Multicloud: qual é a chave para o gerenciamento proativo de custos?

A marcação de recursos pode ser útil, mas dificilmente é uma maneira eficaz de controlar os custos da nuvem. Veja como melhorar

Como podemos manter o orçamento multicloud sob controle? Primeiro precisamos entender com o que estamos trabalhando. Quando os custos são acumulados por várias equipes, usando várias contas, envolvendo vários produtos em várias regiões geográficas, em várias plataformas de nuvem, obter uma ideia clara pode ser uma tarefa quase impossível. Por esse motivo, as equipes de infraestrutura e operações geralmente recorrem a soluções de gerenciamento de nuvem para obter melhor visibilidade dos custos.

Medidas proativas de controle de custos serão sempre mais eficazes no gerenciamento de orçamentos de nuvem. Infelizmente, existem poucas soluções que ajudarão as equipes a fazer isso agora. Eu diria que a melhor prática é definir políticas orçamentárias a nível do projeto e da equipe e aplicar essas políticas por meio de ferramentas automatizadas. Dessa forma, os aplicativos podem ser agrupados em projetos associados a orçamentos de equipe ou de unidades de negócio.

A TI e o Financeiro podem definir controles de custos para unidades de negócios. Unidade de negócio ou equipes individuais podem definir orçamentos para projetos. Essas políticas podem servir de proteção, garantindo que os aplicativos e projetos não excedam o orçamento esperado, ao mesmo tempo em que deem às equipes liberdade para serem produtivas por meio de métodos como o autoatendimento automático.

Com essas práticas implementadas, mesmo no lado reativo, as equipes de TI e finanças terão maior percepção de onde vêm os custos. Eles podem atribuir e reatribuir orçamentos com flexibilidade e podem se adaptar às mudanças sem perder o contexto. Além disso, você precisará usar um poderoso mecanismo de análise que possa analisar os aplicativos e as tendências de uso e fazer sugestões para as equipes melhorarem os custos antes da cobrançaPor exemplo, uma análise de custo pode recomendar o uso de instâncias reservadas, quando elas proporcionam economias significativas de custos e sugerem o dimensionamento correto da carga de trabalho, e sempre que as equipes puderem autorizar esse uso automaticamente ou aprovar manualmente.

Ao habilitar um sistema de controle de custos proativo e um mecanismo de análise de custos mais poderoso e contextual, você pode tornar o descontrole dos custos multicloud  algo do passado.

Rapidez, agilidade, flexibilidade  e eficiência de custos – esse é o santo graal e o futuro multicloud.

 

Leia mais: http://cio.com.br/tecnologia/2018/07/16/multicloud-qual-e-a-chave-para-o-gerenciamento-proativo-de-custos/

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *