Ao buscar oportunidades e crescimento no mercado de TI, a maioria dos profissionais busca atender todas as soft skills e certificações exigidas pelas empresas.

Após se candidatar, entretanto, você perceberá que esses não são os únicos pontos de análise dos recrutadores, que passaram a olhar mais para as soft skills. Isso porque, em um mercado cada vez mais concorrido, as habilidades comportamentais ganham maior valor.

Então, se você ainda não conhece bem o que são soft skills, tão pouco quais as mais valorizadas, vale a pena conferir nosso material a seguir. Nele traremos todos os conceitos e dicas necessárias para ajudá-lo a alavancar sua carreira em TI.

O que são soft skills?

Hard skills e soft skills são habilidades específicas que os profissionais precisam desempenhar ou desenvolver para atender determinadas funções. As hard skills são habilidades técnicas mais fáceis de mensurar, como o domínio de uma ferramenta, tecnologia ou idioma.

Já as soft skills são habilidades comportamentais. Elas estão diretamente relacionadas com a inteligência emocional e, dentro do mercado de trabalho, tem o papel de identificar como o profissional se relacionará com colegas, clientes, situações de pressão ou em outros cenários que exijam controlar emoções.

Hoje, as soft skills estão em evidência devido às mudanças e reposicionamentos na cultura interna das empresas. Cada dia mais sustentáveis, solidárias e parceiras, as organizações esperam construir uma boa imagem e, para isso, precisam de colaboradores que sigam suas filosofias e tenham propósitos parecidos.

Cientes de que as soft skills podem ser um grande diferencial para se destacar em processos seletivos, listamos as 10 principais para que você comece a desenvolvê-las. Temos certeza de que entendendo e treinando-as, você será um profissional ainda mais completo.

Confira!

1. Empatia

Empatia significa saber se colocar no lugar do outro. E, acredite, essa não é uma tarefa fácil. Cada pessoa tem suas experiências e, com elas, constrói sua visão sobre o mundo.

A empatia é importante em vários momentos de sua carreira. Seja para entender os motivos que levam um determinado colega a ter dificuldades no ambiente de trabalho, solucionar conflitos em um mesmo setor ou resolver um problema do cliente.

A empatia pode ser desenvolvida, principalmente, a partir de experiências solidárias, quando as diferenças sociais trazem a necessidade de enxergar a situação de outro ponto de vista para entendê-la.

2. Foco no cliente

A frase “o cliente tem sempre razão” pode não ser uma verdade absoluta, mas entrega um argumento pronto: você, seu colega e todos da sua empresa dependem de clientes para que os negócios continuem dando certo.

Inclusive, empresas mais bem sucedidas do mercado estão sempre reforçando o conceito de Customer Centric para seus colaboradores. Afinal, elas sabem que todos devem estar totalmente focados na experiência do consumidor a fim de aumentar a retenção e conversão de novos clientes.

Então, por mais difícil que seja, pense sempre se você, como cliente, gostaria de receber tal produto, serviço ou atendimento. Utilize sua empatia para se colocar no lugar do consumidor e enxergar o seu trabalho de outro ponto de vista.

O foco no cliente, quando bem explorado, torna-se uma grande oportunidade de aumentar o reconhecimento de uma marca devido à qualidade oferecida ao mercado.

3. Proatividade

Ser proativo é se antecipar às oportunidades, começar algo sem que ninguém tenha pedido para fazê-lo ou mostrar entusiasmo em desenvolver projetos e novas possibilidades dentro da empresa.

Em um cenário em que soluções inteligentes estão substituindo a força de trabalho em tarefas manuais e repetitivas, colaboradores ganham mais tempo para serem estratégicos e inovar dentro de ambiente de trabalho. Aqueles que demonstram proatividade, nesse sentido, aumentam suas chances de crescer profissionalmente.

O plano é simples: se você quer crescer, tome atitudes.

4. Foco

Por quanto tempo você consegue se concentrar em um determinado objetivo? E quantos objetivos você conseguiu conquistar mantendo o foco? Seja para correr 5 km, passar de fase em um determinado jogo, perder peso, se alimentar melhor ou se organizar financeiramente para fazer uma viagem, ter foco faz diferença.

Assim também é no seu trabalho e carreira. Quanto maior for seu poder de foco, mais rápido chegará aos seus objetivos – seja ele terminar uma sequência de tarefas ou subir de cargo.

Atualmente, as empresas veem profissionais focados como aqueles com maior índices de desenvolvimento, e que, por consequência, também podem ajudá-las a crescer.

Isso torna essa uma das soft skills mais importantes da lista, visto que ela também o ajudará a desenvolver as outras. No entanto, para aplicá-la de maneira eficiente, é preciso entender seus objetivos e competências através do autoconhecimento, o qual abordaremos no final do artigo.

5. Resiliência

Você consegue reagir de forma positiva quando se vê em uma situação de pressão? Consegue superar adversidades sem ter reações explosivas? Se sim, você é uma pessoa resiliente.

Profissionalmente, em meio a tantas cobranças, é importante não deixar de manter a calma. Isso dará a força necessária para dar continuidade a projetos de longo prazo implantados em qualquer empresa.

Além disso, a resiliência está diretamente relacionada com a soft skill anterior. Afinal, ela se trata de manter o foco mesmo diante das adversidades, que naturalmente vão aparecer.

6. Colaboração

Uma mente colaborativa não é aquela que depende continuamente de outras pessoas, mas a qual sabe trabalhar em equipe, extraindo o que há de melhor nas suas habilidades e de seus parceiros. Isso faz muita diferença nas entregas e projetos.

Saiba colaborar, entender o perfil de seus colegas de trabalho e compartilhar os bons resultados. Um time unido é sempre mais forte.

7. Adaptabilidade

Quais seriam suas maiores dificuldades se precisasse se adaptar a um cenário completamente diferente daquele que estava acostumado?

Hoje, inovações e soluções tecnológicas surgem a todo momento, e tornam o mercado cada vez mais volátil. Diante disso, os profissionais de TI devem buscar melhorias contínuas a fim de atender novas e até inesperadas demandas.

Além disso, a facilidade de se adaptar faz de você uma pessoa que trabalha melhor em equipe. Dentro de uma empresa, os colaboradores mudam. De tempos em tempos são contratados novos funcionários e até líderes, ser adaptável, nesse sentido, permite manter-se resiliente diante de qualquer novidade.

Vale ressaltar também que, uma vez contratado junto à uma empresa de outsourcing, o funcionário pode ou não ficar alocado no cliente. Por isso, é preciso estar preparado para qualquer cenário.

8. Criatividade

Trabalhar em um mercado cada vez mais transformado digitalmente, significa assumir uma posição estratégica dentro da empresa. Sendo assim, independentemente do setor, o profissional deve estimular sua criatividade se quiser inovar.

A capacidade criativa, assim como a adaptabilidade, tem papel importante na rotina, visto que ela ajuda a viabilizar novas ideias para aumentar a competitividade, mesmo diante de um cenário completamente novo e pouco conhecido.

Desenvolver essa soft skill o ajudará a criar soluções e se destacar dentro da sua equipe. Entretanto, para fazer isso, é preciso entender e estudar o contexto, pegar referências e, finalmente, testar até encontrar a melhor ideia.

9. Organização

Saber como trabalhar de forma coordenada e planejar atividades a curto, médio e longo prazo, entendendo quais tarefas precisam ser priorizadas, é fundamental para concentrar esforços no que gera resultados.

E para treinar essa soft skill, basta prestar atenção à sua própria rotina.

Aqueles que ainda não estão trabalhando, por exemplo, podem começar organizando seu dia a dia. Arrume um espaço para estudar, organize o tempo necessário para realizar cada uma das atividades de sua casa e logo você entenderá os benefícios que isso traz.

Com consistência, você transmitirá todo esse aprendizado para os recrutadores, aumentando suas chances de ser contratado. Afinal, apresentar-se como uma pessoa organizada ajuda a transparecer confiança.

10. Inteligência emocional

A inteligência emocional pode ser considerada o pilar de várias outras soft skills que foram citadas aqui. Isso porque, uma vez que você adquire o autoconhecimento necessário para lidar com as próprias emoções, poderá tomar melhores decisões, até em situações de pressão ou conflito.

Aqueles que não desenvolveram tal habilidade, precisam olhar para dentro a fim de entender e mapear as principais dificuldades emocionais. Um psicólogo, nesse momento, pode ser a ajuda ideal que irá fornecer mais clareza a esse processo.

Feito isso, você passará a conhecer suas principais habilidades e deficiências comportamentais – essas deverão ser desenvolvidas, dado que entender e treinar suas soft skills é um passo importantíssimo para chegar às melhores oportunidades no universo de TI.

Outro passo fundamental é se cadastrar em nosso site e ficar de olho nas melhores oportunidades. A Conquest One é parceira das maiores empresas de tecnologia do Brasil, e uma delas, pode ser o lugar certo para você evoluir profissionalmente.

Confira as vagas abertas e cadastre seu currículo na Conquest One agora mesmo!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *